Pérolas de água salgada

dezembro 14, 2010 por Bijumaniaca   Arquivado em Brincos, Colares, Dicas gerais, Pulseiras

As pérolas de água salgada são as que se usa desde a antiguidade. Em períodos antigos a única forma de consegui-las era mergulhando, em áreas onde costumavam ter tubarões e medusas. Os caçadores de pérolas corriam risco de vida… Muitos morriam para buscá-las, quando achavam as ostras, precisavam abrir e ver o que havia dentro – uma pérola maravilhosa ou… nada!

São as pérolas mais caras por sua qualidade e também porque é um recurso escasso e difícil. Atualmente estas pérolas são peças de coleccionadores e são pérolas antigas, já não se buscam estas peças para comercializar.

Hoje pode-se criar as ostras em viveiros e cultivar pérolas colocando dentro delas um núcleo. O resultado é o mesmo que no processo totalmente natural, a única diferença é que o ser humano induz o processo no lugar de esperar que aconteça sozinho. Nas ostras se coloca um núcleo duro, normalmente uma conta feita com pedaços de outros moluscos. Ao detectar a invasão o animal pode reagir criando a pérolas ao redor do núcleo. Depois de um certo tempo, que pode ser anos, tem que abrir a ostra e ver se formou a pérolas e se têm a qualidade desejada. O processo de se saber quando ela esta pronta pode ser feito por Raios X.

Entre as pérolas cultivadas de ostra, podemos destacar as pérolas de Tahiti, com uma cor escuro característica entre o azul, e prateado, o verde e o roxo. A cor Tahiti se costuma ver em pérolas cristal que imitam estas extraordinárias jóias.

Pérolas cultivadas - água salgada - Tahiti

As pérolas Akoya são do Japão e é uma das primeiras pérolas que foi cultivada. Têm mais brilho que qualquer outro tipo de pérolas. São pérolas pequenas porque estas ostras são das mais pequenas que produzem pérolas. De um modo geral são claras, mas as negras também são fabulosas. As Pérola Akoya: São as clássicas pérolas cultivadas; de forma redonda. Populares e com alta demanda, são encontradas no Japão, China e Coréia. Pérola Negra: São muito raras e valiosas, por serem negras naturalmente (sem processo de tingimento). É obtida através da Ostra de Lábios Negros, cultivada em Mares do Sul e Japão.

Pérolas Akoya 

Destaca-se também as pérolas australianas e as Mabe. A produção de mabe, terminologia japonesa, é basicamente um processo mecânico. Mabe é, na verdade, uma pérola blister cultivada sólida. Consiste da separação do manto da ostra, para depois fixar à concha externa um núcleo com formato determinado (semi-esférico, coração, Buddha, oval etc). Cada ostra pode receber até seis núcleos, três em cada valva. Depois a ostra é recolocada nos cestos de cultivo e volta ao mar, onde o manto, gradualmente, retorna sua posição normal para secretar material perlífero, como proteção contra estes corpos estranhos. Após um ano, quando a principal colheita termina, a segunda parte do processo de composição da mabe inicia-se de novo.

Pérolas MABE

Pérola Blister – Durante o processo de formação da pérola, certos movimentos podem expelir a semente depois que ela já está quase formada. Algumas se perdem, já outras, talvez pelo peso, acabam deslizando para baixo do manto. Quando isso acontece, e a semente é gradualmente recoberta por camadas de madrepérola, forma-se a pérola blister.

Pérola Blister
Existem diversos tipos de pérolas, que variam em cor, forma ou cultivo. 
Pérolas dos Mares do Sul, são as mais cobiçadas e desejadas de todas as pérolas, pois vêm de uma enorme (a maior de todas) e solitária ostra prateada. Cultivadas ao sul da Indonésia, norte da Austrália e sul das Filipinas. Têm tamanho acima de 8 mm de diâmetro. Apresentam-se em diversos formatos, tamanhos e cores (branca, dourada, cinza, negra, etc.).

Um comentário para “Pérolas de água salgada”

  1. Eduardo Tadeu Correia Paes disse:

    olá meu pai foi fazer um serviço no litoral de sao paulo na cidade de manguaga, ele foi cavar um burraco aproximadamente 2 metro e meio de fundura ,para ergue um muro ,isso foi em uma regiao deserta da praia dessa cidade a casa que ele estava é de frente para o mar ,entao ele ao cavar encontrou uma ostras cizenta e ao abrir encontrou uma pérola Tahiti ,pelas informaçao este tipo de pérola é raro,estamos pensando em penhorar esta joia ,se tiver algum colecionador por favor entrar en contato.

Seu recado